11 janeiro 2015

Nova colunista ❤


Oi,meus amores!! O post de hoje é diferente dos que vocês costumam ver por aqui. É um post especial, que eu acredito que existam leitoras minhas ou alguém no mundo que esteja passando pela mesma situação, e que as vezes não tem com quem contar, não tenha um alicerce. Sempre quis que o meu blog fosse um lugar onde vocês se sentisse bem, que ao visitar tivessem coisas que ajudassem vocês, e é obvio que eu sozinha não posso abordar todos os assuntos, porque há coisas que não vivi.Pensando nisso, lhe apresento a nova colunista semanal Renata Lyra, e não teria forma melhor de apresentar sem contar a história dela..

"Há alguns meses resolvi mudar. Sempre fui muito acomodada, nunca me preocupei com estética ou com minha própria saúde contanto que eu estivesse satisfeita em relação a comida. Minha rotina era sempre a mesma: comer, usar internet, dormir. Nunca saia de casa, estava sempre por fora de todas as tendências, não entendia nada de moda, nem fazia questão disso. Qualquer coisa me satisfazia, até porque hoje em dia não é fácil achar um short 48 ou uma blusa GG que estejam nesse patamar, mas mesmo assim eu não me importava. Odiava pentear o cabelo (a mais pura realidade, por mais que ele fosse pequeno), era extremamente anti social, não fazia questão alguma de me relacionar bem com as pessoas, até mesmo com alguns familiares e ainda assim considerava isso normal. Na educação física do colégio não me importava em sempre ser a última escolhida pelas colegas para participar dos seus respectivos grupos pra qualquer jogo que a professora escolhia naquela aula, muito menos pelos insultos de alguns sempre me chamando de: gorda, baleia, tribufu.



Na verdade, algumas vezes cheguei a me importar, quis emagrecer da noite pro dia, tomei Herbalife e até funcionou, mas temporariamente. Não adianta acreditar que existem dietas milagrosas e rápidas, não é assim. Antes de qualquer coisa precisamos estar dispostos a nos reeducar. Fui crescendo e uma das coisas que nunca mudava era o meu aumento de peso. Cheguei a pesar 92kg com 18 anos de idade, estacionei nisso até os 19 e ainda considerava isso normal. Da pra acreditar? 



Hoje, olhando pra trás, eu não sei se acreditaria! Em alguns dos meus exames matinais, foram constatados inúmeros problemas, todos causados pelo meu excesso de peso, pela minha compulsão alimentar. Problemas estes que se mais sérios poderiam me trazer prejuízos maiores. Foi aí que me olhei no espelho e vi que não me amava, e ai me perguntei: "se eu não me amo, porque quero que outras pessoas amem?" Se eu não gostava de mim como eu era, porque outras pessoas teriam que me aceitar assim? Então eu resolvi gostar de mim! Eu resolvi me amar, eu resolvi mudar, dar a volta por cima e superar os problemas.


Quando tudo começou a mudar!

Dia 21 de Agosto de 2014 fui ao supermercado mais próximo e enchi meu carrinho de frutas (o que em toda minha vida nunca aconteceu), de legumes, verduras e produtos light, mas não só disso! Eu estava disposta a me reeducar, não a me privar de tudo. A primeira coisa que pensei antes de começar a dieta, foi que a comida seria minha aliada, não minha inimiga. Eu não exterminaria da minha vida as coisas que eu gosto: pizza, refrigerantes, sorvete, hamburguês. Definitivamente NÃO! Eu comeria, claro. Mas não sempre, não compulsivamente e sim educadamente. Dia 22 de Agosto de 2014 dei o primeiro passo pra minha mudança de vida! Me pesei e a balança acusou 86kg. Comecei, sem remédio, sem exercícios, sem exageros e sem ir além dos meus limites, sempre respeitando-os, cumprindo a rédia o meu cardápio (que eu mesma criei) de 6 refeições diárias, tendo em mente minha meta dos tão sonhados 64kg, que é um meio termo do meu peso ideal (entre 53kg e 71kg) já que minha altura é 1,69m. Hoje, 10 de Janeiro de 2015, quase 5 meses depois do dia 22 de Agosto do ano passado, estou eu com meus 71kg, em busca dos meus 64kg mas orgulhosa dos meus 15kg deixados para trás. Garanto a vocês que hoje sou uma nova pessoa. Amo meu cabelo e cuido dele como se fosse meu filho (hoje ele é enorme, lindo e saudável), sei de tudo sobre moda, estou ligada em todas as tendências, sou a menina mais vaidosa do mundo, ando sempre maquiada, arrumada, e NA MODA. Sabe aquele manequim 48? Hoje é 38, 38 folgadinho, sabe? E a satisfação? Não tem tamanho. Saber que eu consegui mudar por mim? Não tem preço! Vocês não sabem o quanto eu sou feliz agora. O quanto minha DETERMINAÇÃO mudou a minha vida! Hoje eu sempre quero mais! Em alguns meses, provavelmente em Março, começarei minha academia pra perder aquelas gordurinhas localizadas que sobram e a flacidez, além do peso e da gordura que ainda quero eliminar. Lembram daquela rotina lá do começo? Não faz mais parte da minha vida. Hoje eu saio, me divirto com minhas amigas, pego aquela piscina deliciosa nos dias quentes, o shopping é minha segunda casa, uso a internet, bastante até mas agora pra ficar antenada sobre tudo no mundo da moda, nas atualidades. 



Hoje sou uma nova Renata e fico feliz em poder dividir minha história com vocês. Em Dezembro completei meus 20 anos de idade e nunca estive tão realizada. Claro que nessa minha reeducação não tive apenas momentos felizes, às vezes cheguei a fraquejar, "jaquei" bastante até, mas nunca perdi o foco, sempre olhava pra trás e vi onde cheguei, tudo que superei e meu animo voltava outra vez junto com a vontade de ser melhor e de me superar. Eu posso, você pode, tudo é questão de querer!"


Pensando nisso, a Renatinha será a nossa nova colunista semanal aqui do blog e assim que começar o canal quero gravar vários videos com ela sobre o tema,compartilhando com vocês sua própria experiência sobre a Dieta, como funcionou, quais alimentos, enfim tudo sobre o assunto qualidade de vida, e sentir-se bem consigo mesma. Eu to muito feliz, e espero que essa coluna possa ajudar muitas de vocês a serem uma nova pessoa e se sentirem plena como a Renatinha. Welcome, amiga!

Bom, meus amores, espero que tenham gostado da novidade e estejam tão animados como nós estamos! Não deixem de curtir a página do blog no Facebook e seguir no Instagram, para que cada postagem cheguem até vocês. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário